segunda-feira, 5 de julho de 2010

PRIORIDADES



-

Hoje, passando os olhos sobre alguns textos de Veríssimo algo me motivou a escrever.
Ele falava sobre prazeres, e sobre como as preferências, ou prioridades mudam com o passar do tempo. Ou da vida. Ele dizia: Que quando criança a melhor coisa do mundo, aquilo que é mais importante em nossas vidas é a mãe. Nossa mãe. Como ela sabe exatamente o que queremos apenas por um choro nosso.
Aí é quando eu tomo partido e digo que um pouco mais crescido o mais importante é o natal, e o presente que "pedimos ao papai Noel", aquele brinquedo que vimos no comercial ou que algum vizinho tem e você deseja mais do que tudo ter igual, ou aquele desenho que você assiste religiosamente todos os dias.

Agora um pouco mais crescido, volto a "plagiar" Veríssimo, quando diz: Bom mesmo é acordar na segunda feira com febre para não precisar ir à escola, acordar de manhã cedinho, tomar banho naquele frio, muitas vezes quando ainda está escuro. Meu Deus e quando não tem lição de casa então... Ufa. É como ganhar na loteria.

Mais crescido ainda, você com certeza dirá que a melhor coisa do mundo, aquilo que você daria a sua curta vida em troca, seria um beijo daquela garota da escola, da sua sala, linda, a própria encarnação de um anjo, feita exatamente sobmedida para você. Só um beijo, ou melhor... Milhões deles.
Aí você reza para chegar segunda-feira logo, e sem febre para poder vê-la novamente, nem liga para lição de casa, você não tem mais cabeça para isso, sua prioridade agora é fazê-la te notar. Aquele desenho animado então? Não tem a menor graça, você esta crescendo e as prioridades mudando.

Alguns anos depois mudamos novamente. Você deve estar com 15 ou 16 anos, e achou-se apaixonado uma dúzia de vezes, mas nessa hora não queremos mais saber disso, a prioridade agora é SEXO! Você não pensa em outra coisa, respira sexo, sonha com sexo, daria sua vida duas vezes por sexo, para deixar de ser virgem, mas isso você guarda para si, porque para os seus amigos você já disse que não é mais virgem há anos, VOCÊ VIRGEM? Imagina!!! Nunca! E melhor, você já fez sexo muitas vezes com uma porção de garotas diferentes. Isso é o que você conta, contar vantagem nessa época da vida é mais que necessário, é questão de sobrevivência. Mas o fato é que você não consegue mentir para seus hormônios, e eles exigem que faça alguma coisa para saciá-los, ou as consequências podem ser trágicas, sonhos eróticos até com primas, ereções com catálogos de lingerie, e outras coisas que só os adolescentes conseguem pensar e nessa hora ou você deseja uma garota que tire esse peso de suas costas, ou você pagaria com todo o dinheiro que não tem para que pudesse ter 18 anos o mais rápido possível para poder pagar por SEXO!

Bom, chegamos aos 18 anos, e você já fez sexo, isso ainda é a coisa mais importante do U.N.I.V.E.R.S.O e você com sua cabeça de adolescente, agora maior de idade, exige e necessita de mais SEXO. Para isso você precisa de um carro, ah, mas como seria de grande, eu diria, imensa ajuda, um carro para que você pudesse ter ainda mais SEXO. E você vai trabalhar, não importa do quê, fazendo qualquer coisa, porque você só quer aquele salário no fim do mês para poder comprar o dito carro, quatro rodas, impermeável, vidros escuros, conforto e claro, um som razoável para ouvir uma boa música e elevar o clima para: O SEXO! E você daria a vida centenas de vezes e cortaria seus dois braços para tê-lo.

Agora você é adulto, e como tal, preza por respeito, diversão, status, estabilidade financeira para poder comprar aqueles brinquedinhos "de adulto" como: Um Carro. No entanto, não pode ser qualquer carro, tem que ser O CARRO. Claro que tudo isso fica para trás quando você encontra um amor. E esse amor não é mais como aquele da garota que você encontrou anos atrás. Não.
Esse amor é intenso, é maior que tudo, é viciante. Você fica dependente como uma droga, você precisa daquilo e quanto mais tem, mais quer. E você fará de tudo para ter. Esquece carro, dinheiro, status, a não ser que isso te ajude a conquistar esse amor, é quando você vira um idiota, um tonto, você faz coisas que jamais faria em sã consciência, mas você não está, você está AMANDO.

Nessa hora, isso é só o que importa, é a sua prioridade e nada mais, diferentemente do que você sentia quando mais novo sobre uma garota, só beijos não são suficientes. Você quer possuí-la, literalmente colocar o seu nome, chamar de sua, ter filhos, morar debaixo do mesmo teto, dormir e acordar juntos. Quer protegê-la de tudo e de todos, mas o mais importante, você quer fazê-la feliz. Tudo bem, ainda acha que para isso ser ainda mais perfeito tem que haver um bom SEXO.


A moral disso é que tudo na vida passa. Nada, nem mesmo sexo é eterno. E suas prioridades mudam.

Às vezes quando perdemos algo ou alguém, ou não conseguimos ter o que queremos, achamos que nossas vidas vão acabar e, que não somos dignos do ar que respiramos por que, se não tem aquilo para que viver? Todavia,  o que mais importa para você hoje pode ser apenas um "desenho animado" chato e sem graça amanhã. E que a cada dia acordamos para algo novo, onde damos de cara com varias novas prioridades, basta prestarmos atenção. Abrir os olhos. Enxergar. Quando menos esperar, novas prioridades apareceram. Acredite.



Bento.


-

Um comentário:

Mila Napolitano disse...

Perfeito!
e é exatamente assim qe me sinto, as fases chegam e nem sempre a pessoa que esta junto, esta na mesma fase.
Suas prioridades mudam e da pessoa não.
Isso está bem atual para mim, mas como você mesmo falou as prioridades mudam sempre e o modo de ver tambem!

http://www.ummundoquaseparticular.blogspot.com