terça-feira, 29 de março de 2011

QUEM É VOCÊ QUE ESTAVA AQUI UM DIA DESSES?

-

Eu nem sempre fui assim.
Eu costumava ser paciente com as pessoas.
Eu costumava me mostrar agradável e flexível.
Eu tentava sempre mostrar o lado bom e ver o lado bom.
Eu fazia de conta que não via algumas coisas erradas só para não criar atrito.
Eu costumava dar a outra face quando estapeado e assim dar o exemplo.
Eu costumava pedir por dias melhores.
Eu passava horas olhando o céu.
Eu valorizava os olhos azuis, mas em segredo.
Mantinha a esperança e, sobretudo fazia questão de demonstrar o idealismo, para quem sabe, abrir os olhos de algumas pessoas para a causa.
Eu dançava e cantava até cansar para poder pegar no sono.
Eu me modificava para dançar conforme a música.
Eu costumava sonhar e lembrar-me dos sonhos, acreditava que poderiam se materializar.
Eu costumava ter um pouco mais de açúcar.
Costumava sorrir até do que não devia.
Eu costumava dar valor a quem não merecia, quem merecia, e quem sequer tinha valor.
Eu costumava mentir para não magoar.
Eu costumava experimentar mais.
Eu gostava de falar mais, de ouvir mais.
Eu preciso acostumar-me com a ideia de que talvez em algum lugar, em algum momento...

Eu me perdi.


Bento.

-

Um comentário:

Thalita B. disse...

Ele ainda pode voltar...