sábado, 23 de julho de 2011

QUEM PARTIU FUI EU.

-


Se eu lembro mudo de caminho para tentar esquecer e me pego fazendo o caminho antigo em minha mente só para poder ter uma desculpa para lembrar.

Penso como seria se conhecesse minhas novas amizades e o que acharia delas, se dariam bem ou não.

Penso no que diria sobre minhas roupas novas, emprego novo, sorriso novo, e se permaneceria com sua mania de me criticar através de seu vocabulário diferente do meu.

Passo os olhos na lua e penso que ela é tão mais sortuda que eu, pois pode saudá-la mesmo de longe.

Penso em quais soluções daria aos problemas novos.

Penso em suas tentativas de realizar meus desejos mais impossíveis e que às vezes não dava atenção aos mais simples.

Penso se aprovaria as mudanças, novas características e personalidade.

Pensando e refletindo percebo que me pareço mais com você do que comigo mesmo.

Quem partiu fui eu, você está aqui ó...


Bento.

-

2 comentários:

Anselmo Marinho disse...

Olá Bento!

Passando para avisar que adicionei o link de seu blog no meu, na sessão "Blogs Recomendáveis". Confira você mesmo!

Um abraço

Anselmo.

Tais Medeiros disse...

Pois é Bento como sempre me identifico perco tanto tendo pensamentos nessa linha, mas vejo que não sou a única se vc escreve algo é por que vc conhece. Kkkk
Como sempre está ótimo... Poético, forte e trás uma reflexão pelo menos pra mi. Parabéns \O/